Marketplace de seguros: entenda o que é e como funciona

Uma tendência crescente que o mercado securitário vem demonstrando é a centralização dos negócios em um marketplace de seguros. Diversos países já utilizam o sistema, mas você já ouviu falar dele? Sabe como opera?

O modelo tem sido utilizado com sucesso há alguns anos em outros segmentos no país e vem evoluindo rapidamente. No setor de seguros brasileiro, no entanto, é recente a adoção dele.

Continue a leitura e descubra o que é o marketplace de seguros e como funciona!

O que é marketplace de seguros?

Marketplace, de modo geral, é um modelo de negócios de e-commerce que funciona como se fosse um shopping center virtual. A principal característica dele é a existência de uma plataforma mediada por uma empresa que, por sua vez, reúne diversos fornecedores (vendedores ou prestadores de serviços).

A plataforma marketplace é uma ferramenta de tecnologia que agrega esses fornecedores e centraliza as informações de maneira a agilizar o atendimento às expectativas do cliente. Em um ambiente assim, o interessado sabe que encontrará o que precisa com muito mais facilidade.

Um marketplace de seguros, além de congregar diversas seguradoras e corretoras, pode alcançar o ecossistema de outros segmentos como as indústrias e os bancos, por exemplo. Dessa forma, pode-se dispor de um imenso público de perfil conhecido ao qual os produtos e serviços do seguro podem ser oferecidos.

Assim, além de acolher qualquer interessado na contratação de um seguro, a plataforma permite proatividade na oferta de produtos das seguradoras participantes. Com isso, clientes de diversos segmentos podem receber propostas de seguros, de modo não invasivo, condizentes com o perfil deles.

Como é o funcionamento dele?

Um marketplace apresenta três formas de acesso, conforme seja o administrador, os profissionais ou o cliente em operação. O administrador, naturalmente, é o responsável por gerenciar a plataforma, enquanto os profissionais são os que oferecem os produtos (os diversos tipos de seguros) e o cliente é o que vem até a plataforma em busca de soluções.

De modo geral, o marketplace fortalece a autonomia do cliente, facilitando as iniciativas que pode tomar na plataforma. Assim, permite que o próprio interessado selecione o produto (tipo de seguro) que deseja e a seguradora capaz de melhor atender às necessidades dele.

Ao mesmo tempo, possibilita que realize a adequação das coberturas que achar necessária, por meio da comparação entre as diferentes propostas apresentadas pelas seguradoras participantes. Todos os procedimentos para a contratação ocorrem de modo 100% digital e dentro do ambiente do marketplace.

Para o usuário, o funcionamento é bem simples e intuitivo, de modo que em poucos minutos ele pode dispor das melhores propostas em função de suas necessidades. Enquanto profissionais e empresas que atuam no marketplace pagam uma mensalidade para fazer parte do grupo, não há custos para o cliente.

O pool de um marketplace pode contar com as principais seguradoras do mercado brasileiro. De modo dinâmico, novas seguradoras, produtos e assistências poderão seguir ingressando e passando a integrar a plataforma.

Quais são os principais benefícios que oferece?

Em todo o mundo, o mercado tem apresentado um crescimento do marketplace — e no Brasil não é diferente. As expectativas de evolução são muito boas e o modelo de negócios constitui um impulso significativo, sobretudo para os pequenos e médios empreendedores.

Nesse sentido, alguns benefícios e vantagens são relevantes para os participantes e devem ser levados em conta. Veja a seguir os que mais se destacam.

Um canal de vendas para as corretoras

O fluxo de clientes tem se voltado cada vez mais para os marketplaces, uma vez que constituem um novo e eficiente canal de vendas para as corretoras e para os profissionais do segmento de seguros. Assim, mais clientes resultam em mais negócios. Afinal, essa é uma das mais importantes metas de qualquer empreendimento.

Na verdade, não se trata apenas de quantidade, mas também de diversificação de público e mesmo de portfólio. Mais demandas vão surgir e as respostas que as seguradoras oferecerem poderão se constituir em novos e mais atraentes produtos. O momento é dinâmico em função das mudanças que podem ser observadas no comportamento da sociedade e dos mercados.